Carnaval da Capital conta com apoio do Governo do Estado

Toda a diversidade das festividades carnavalescas de Campo Grande contarão mais uma vez com o apoio da Fundação de Cultura do Governo de Mato Grosso do Sul. A programação conta com blocos de rua e desfiles das escolas de samba entre os dias 22 e 25 de fevereiro, sempre com entrada franca.

O agito começa no dia 22 (sábado), com o Cordão Valu. A concentração está marcada para às 14 horas na Esplanada Ferroviária, na esquina das ruas Calógeras e General Melo. No mesmo dia, na Avenida Fernando Corrêa da Costa (entre a Rua 14 de Julho e a Avenida Calógeras), começa o Morena Folia que vai até o dia 25.O espaço contará ainda com o bloco Capivara Blasé, que mantém os foliões animados durante a noite dos dias 23 e 25.

No domingo (23) os vinte blocos oficiais da Ablanc (Associação de Blocos e Cordões Carnavalescos) desfilam na Avenida Fernando Correa da Costa, a partir das 18 horas. O evento contará com estrutura completa para quem for curtir a festa.

Já os desfiles das agremiações de Campo Grande começam na segunda (24) e quem abre a festa é a Escola Mirim Herdeiros do Samba, a partir das 19 horas. Em seguida entram na avenida as escolas Unidos do Aero Rancho, Unidos do Cruzeiro, Cinderela Tradição do José Abrão e Unidos do São Francisco.

O último dia de desfiles é na terça (25) e o agito dos foliões fica por conta das escolas de samba Igrejinha, Unidos da Vila Carvalho, Deixa Falar e Os Catedráticos do Samba.

Os desfiles acontecerão nos dois dias na Passarela do Samba, na Avenida Alfredo Scaff, ao lado da Praça do Papa, sempre a partir das 19 horas.

A Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul dá suporte aos eventos em parceria com a Secretaria de Cultura e Turismo de Campo Grande por meio de recursos financeiros, apoio estrutural e cachês das bandas.

“Reconhecemos a importância cultural e econômica do Carnaval de Campo Grande e por isso, mais uma vez, celebramos uma parceria com a Prefeitura da Capital para juntos realizarmos uma festa com segurança, diversão e paz. Nosso foco é um Carnaval especial, colorido e animado que contemple toda a variedade de sons e ritmos de nossas tradições”, explica Mara Caseiro, diretora presidente da FCMS.

Marcio Breda – Fundação de Cultura de MS
Foto: Daniel Reino

Fonte: Governo de MS