De gincana a palestra, Prefeitura faz orientação de combate à dengue em 70 parques e praças da Capital

A Fundação Municipal de Esportes (Funesp),  em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde Pública (Sesau), realizou o Dia D contra a Dengue nos parques e praças da Capital, com atividades direcionadas ao combate do mosquito Aedes aegypti.

Na ação de combate à dengue, “Dengue Zero”, a Funesp levou orientações aos participantes das oficinas de esporte e lazer nos 70 locais, e na Praça Esportiva Elias Gadia, na oficina de  FitDance a população recebeu informações dos agentes da Sesau.

“Foi ótima a palestra, porque esclareceu algumas dúvidas e nos alertou quanto a importância de manter nossos quintais limpos,  além dos folders com os cuidados no combate  à dengue” disse Douglas Junior dos Santos Silva professor da oficina.

Gabriela da Costa Figueiredo, mãe da Maria Antônia Figueiredo Balabanian, que participa da Ginástica Artística no Cefat, aprovou a iniciativa. “Essa ação na oficina do Cefat e a sensibilização das crianças é tão importante quanto  dos pais. Com toda comunidade unida e mais informações, teremos condições de combater as doenças transmitidas pelo aedes egipity e todas as endemias relacionadas. Assim todas essas ações vão ajudando a reverter essa situação”, contou Maria que já teve dengue no ano anterior.

Ministério da Saúde

O Ministério da Saúde convoca a população brasileira a continuar, de forma permanente, com a mobilização nacional pelo combate ao mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya, doenças que podem gerar outras enfermidades, como a microcefalia e Guillain-Barré, o Aedes Aegypti.

O período do verão é o mais propício à proliferação do mosquito Aedes aegypti, por causa das chuvas, e consequentemente é a época de maior risco de infecção por essas doenças. No entanto, a recomendação é não descuidar nenhum dia do ano e manter todas as posturas possíveis em ação para prevenir focos em qualquer época do ano.