Pesquisa irá medir satisfação de servidores e propor melhorias no atendimento à saúde

A partir da próxima segunda-feira (10) os 7 mil servidores que atuam no cotidiano das Unidades de Saúde de Campo Grande poderão participar da pesquisa de opinião elaborada pela Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) e Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) para o Projeto “Laboratório de Inovação na Atenção Primária à Saúde – Fiocruz/MS-APS Forte”.

Hoje (04) começou a capacitação dos agentes engajadores, que irão acompanhar e incentivar os servidores a participarem da pesquisa para que o resultado demonstre com maior clareza o cenário real apresentado nas unidades de saúde da Capital. Participarão quem atua em UBSs, UBSFs, unidades móveis, CRSs, UPAs, Policlínica, CAPS, SAMU e setores de gestão em saúde.

A pesquisa irá coletar dados e informações cruciais sobre a percepção dos servidores em relação a fatores que influenciam no desempenho e motivação das equipes. A consulta de opinião visa ouvir os servidores sobre a impressão que eles têm da unidade que atuam e da rede, sendo sigilosa e não obrigatória.

Para participar da pesquisa, será disponibilizado ao servidor um link onde ele poderá acessar de qualquer lugar, e, caso não consiga acesso fácil, um computador ficará à disposição dos funcionários para que eles possam responder as perguntas.

A consulta dura uma semana e leva cerca de oito minutos para ser respondida, podendo, em cada uma das perguntas, ter um comentário sobre o assunto, se for de desejo do servidor. Enquanto maior a adesão ao questionário, mais fidedigno será o cenário apresentado.