Retomada de projeto em parceria com o Pênfigo proporcioná a realização de mais de 60 cirurgias infantis

Até dezembro deste ano pelo menos 60 crianças que aguardam na fila do Sistema Único de Saúde (SUS) por uma cirurgia de adenoide ou amígdalas serão beneficiadas por meio de uma parceria com o Hospital Adventista do Pênfigo de Campo Grande, sem custo para o município.

As cirurgias são indicadas para pacientes que apresentam obstrução das vias aéreas superiores por hipertrofia adenóide/amigdalas, apnéia obstrutiva, roncos, dificuldade de sono adequado, déficit de crescimento, alterações faciais (palato ogival, hipotonia muscular), infecções de repetição (com perda escolares importante), otites de repetição (adenoide hipertrófica predispõe infecções), otites médias de repetição e perda auditiva.

A médica otorrinolaringologista Ana Paula Cavalieri Pontes explica que antes de serem submetidos a cirurgia, os pacientes devem passar por uma consulta e uma série de exames pré-operatórios para garantir a segurança e sucesso do procedimento.

“Com a cirurgia é possível proporcionar uma melhor qualidade de vida para a criança e que ela tenha uma infância feliz, sem complicações, e se torne um adulto saudável”, complementa.

Atualmente este tipo de procedimento também é realizado em crianças e adultos no Hospital São Julião, em Campo Grande.