Com vagas para Brasília e mais oito estados, Marinha abre concurso com 960 chances

Há vagas para o curso de formação em Brasília, Rio de Janeiro, São Paulo, Rio Grande do Sul, Pará, Mato Grosso do Sul, Amazonas, Rio Grande do Norte e Bahia

O Comando de Pessoal de Fuzileiros Navais da Marinha divulgou, no Diário Oficial da União (DOU) desta quarta-feira (22/1), novo edital de concurso público de admissão ao curso de formação de soldados fuzileiros navais. São oferecidas 960 vagas, sendo 480 para a turma do primeiro semestre de 2021 e 480 para o segundo semestre do mesmo ano.

Poderão concorrer apenas homens, com 18 anos completos e menos de 22 anos de idade no primeiro dia do mês de janeiro 2021, com nível médio completo e altura mínima de 1,54m e máxima de 2,00m.

As inscrições poderão ser feitas de 19 de fevereiro a 20 de março, pelo site www.marinha.mil.br/cgcfn. A taxa custa R$ 25. O concurso reserva 20% das vagas a candidatos negros.

O concurso é com posto exame de escolaridade, verificação de dados biográficos, inspeção de saúde, avaliação psicológica, teste de aptidão física de ingresso, verificação de documentos e procedimento de heteroidentificação complementar à autodeclaração para os candidatos negros autodeclarados pretos ou pardos.

O exame de escolaridade será composto por prova escrita, com duração de três horas, composta por questões de língua portuguesa e matemática. Cada matéria vai ter 25 questões do tipo múltipla escolha, com cinco opções de resposta em cada questão.

Curso de formação de fuzileiros da Marinha
Os candidatos aprovados no concurso e classificados dentro do número de vagas serão matriculados no curso de formação, incorporados como praça especial, na condição de aprendiz-fuzileiro naval. Durante o curso, além de serem proporcionados alimentação, uniforme e assistência médico-odontológica, psicológica, social e religiosa, o aprendiz-fuzileiro naval perceberá bolsa-auxílio atinente à sua graduação, constituída de soldo e adicional de disponibilidade.

O curso de formação terá a duração de, aproximadamente, 17 semanas e será conduzido no Centro de Instrução Almirante Milcíades Portela Alves (CIAMPA), localizado no Rio de Janeiro (RJ) e, simultaneamente, no Centro de Instrução e Adestramento de Brasília (CIAB), localizado em Brasília (DF), em regime de internato e dedicação exclusiva até a formatura.

As vagas, nos Órgãos de Formação, serão assim distribuídas: Centro de Instrução Almirante Milcíades Portela Alves (CIAMPA): 720 vagas destinadas, preferencialmente, aos candidatos das regiões Sul e Sudeste, obedecendo a ordem de classificação; e Centro de Instrução e Adestramento de Brasília (CIAB): 240 vagas destinadas, preferencialmente, aos candidatos das regiões Centro-Oeste, Norte e Nordeste do Brasil.