Ministério Público do Trabalho lança concurso com vagas para o DF, GO, MG e PR

São quatro vagas de nível superior para ingresso na carreira do MPT. A primeira etapa está marcada para fevereiro de 2020

O 21º concurso público para procuradores foi lançado pelo Ministério Público do Trabalho (MPT), no Diário Oficial da União (DOU) desta terça-feira (12/11). Podem concorrer candidatos com formação em direito e que comprovem o mínimo de três anos de exercício de atividade jurídica, até a data da inscrição definitiva.

O concurso destina-se ao preenchimento de quatro cargos vagos nas Procuradorias Regionais do Trabalho da 3ª Região – Belo Horizonte/MG, da 9ª Região – Curitiba/PR, da 10ª Região – Brasília/DF e da 18ª Região – Goiânia/GO e das vagas que surgirem no prazo de validade da seleção, que é de dois anos, prorrogável por igual período.
As inscrições poderão ser feitas de 27 de novembro a 26 de dezembro, pelo site dti.pgt.mpt.gov.br/concurso. A taxa custa R$ 250. O concurso reserva 20% das vagas a pessoas com deficiência e 20% a pessoas negras.

O concurso contará com provas objetivas (com aplicação em 7 de fevereiro de 2020), discursivas, prática, oral e de títulos.

O salário inicial de procurador do Trabalho é de R$ 33.689,11. O último concurso para procurador do Trabalho teve 5.293 inscritos.

O conteúdo programático vai abranger conhecimentos em:

GRUPO I
Direito constitucional
Direitos humanos
Direito individual do trabalho
Direito coletivo do trabalho
Direito processual do trabalho
Direito civil e de empresa
Regime jurídico do ministério público

GRUPO II
Direito processual civil
Direito administrativo

GRUPO III
Direito previdenciário da seguridade social
Direito penal
Direito internacional
Direito comunitário