Carreta da Justiça atende 383 pessoas na volta do serviço em 2020

A Carreta da Justiça retornou seus atendimentos esta semana, atendendo nas comarcas de Alcinópolis (20 e 21/01) e Figueirão (23 e 24/01). Durante os dias de atendimento, a unidade móvel do Poder Judiciário de MS atendeu 383 pessoas nos diversos serviços disponíveis gratuitamente para a população. O serviço faz uma pausa agora e volta atender no mês de fevereiro em Paraíso das Águas e Jaraguari.

Em Alcinópolis, cidade distante 317 km da Capital e localizada na região Norte do Estado, 163 pessoas procuraram a Carreta da Justiça. A equipe chefiada pelo juiz Luiz Felipe Medeiros Vieira realizou oito reconhecimentos e conversões de união estável em casamento, duas uniões estáveis e duas dissoluções, um divórcio e um pedido de investigação de paternidade e DNA, além de cinco cobranças. Foram feitos 50 atendimentos para consultas, informações e orientações gerais, e 21 novas ações foram abertas.

Na cidade vizinha, Figueirão, distante 247 km de Campo Grande, 220 pessoas procuraram os serviços da Carreta da Justiça. Foram realizados 16 reconhecimentos e conversões de união estável em casamento, três divórcios, duas fixações de alimentos e uma revisão de alimentos. Houve 25 atendimentos da Defensoria Pública e 50 consultas e orientações gerias, além das 28 ações abertas.

Confira os serviços disponíveis na Carreta da Justiça:
– Reconhecimento de união estável e a conversão em casamento;
– Exame de DNA para investigação e reconhecimento de paternidade;
– Pedido de pensão alimentícia, execução e desoneração de alimentos;
– Pedido de guarda de menores;
– Conversão de separação judicial em divórcio e divórcio;
– Cobranças e outros pedidos da área cível.

Além disso, ainda são disponibilizados esclarecimentos sobre os serviços prestados pelo Poder Judiciário e os agendamentos já realizados para os processos que tramitam na comarca sede.

Calendário – Depois de atender Alcinópolis e Figueirão, serão atendidas as comarcas de Paraíso das Águas (10 e 11/02), Jaraguari (13 e 14/02), Corguinho (02 e 03/03), Rochedo (05 e 06/03), Paranhos (23 e 24/03), Tacuru (26 e 27/03), Aral Moreira (04 e 05/05), Antônio João (07 e 08/05), Caracol (25 e 26/05), Guia Lopes da Laguna (28 e 29/05), Ladário (22 e 23/06), Bodoquena (25 e 26/06), Selvíria (13 e 14/07), Santa Rita do Pardo (16 e 17/07), Taquarussu (03 e 04/08), Novo Horizonte do Sul (06 e 07/08), Jateí (31/08 e 01/09), Vicentina (03 e 04/09), Japorã (19 e 20/10), Juti (22 e 23/10), Laguna Carapã (09 e 10/11) e Douradina (12 e 13/11).

A Carreta da Justiça tem competência para atuar em processos cíveis, criminais e dos juizados especiais das comarcas ainda não efetivamente instaladas e que a escolha dos municípios e localidades a serem atendidas observa critérios técnicos e conveniência do Poder Judiciário.

Saiba mais – A Carreta da Justiça integra o programa Judiciário em Movimento, que torna 100% dos municípios sul-mato-grossenses sedes de comarcas. Desde que foi lançada, em agosto de 2016, a iniciativa está levando mais qualidade e conforto no atendimento ao jurisdicionado, que não precisa mais deslocar-se de sua localidade para receber os serviços da justiça.

A unidade móvel é uma miniatura de um fórum: gabinete do juiz, sala para Promotor, Defensor Público, sanitário, uma pequena copa e a varanda na frente para recepção das pessoas, o que totaliza 44 m². O objetivo da proposta é aproximar o Judiciário da população e dar cidadania às pessoas que nunca tiveram atividade judicial e judiciária em sua cidade.