Governador lança campanha pela paz e destaca importância do despertar contra violência

A união dos povos e religiões pelo combate a violência. Esse é o objetivo da campanha MS Unido Paz nas Famílias, lançada nesta quarta-feira (04.12) pelo governador Reinaldo Azambuja, que fez um alerta para a necessidade do engajamento da sociedade contra todos os tipos de violência que atingem crianças, adolescentes, mulheres, idosos e pessoas com deficiência.

Dados do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, apontam 1.206 feminicídios registrados no Brasil em 2018, sendo que em 88,8% dos casos o autor foi companheiro ou ex-companheiro. A cada 2 minutos foi registrado um boletim de ocorrência por violência doméstica. Por lesão corporal dolosa, foram 263.067 ocorrências, e dos registros de violência sexual, 82% das vítimas são mulheres, sendo mais da metade com menos de 13 anos.

“A sociedade precisa despertar que a violência não é normal. O objetivo de nós criarmos uma campanha e conclamarmos todas as religiões, é levar para dentro das igrejas, do culto, da missa, das sessões, principalmente essa pregação de que nós podemos ter paz dentro das famílias no Mato Grosso do Sul”, destacou o governador.

O envolvimento de lideranças religiosas na campanha MS Unido Paz nas Famílias será fundamental no processo de ampliação do debate e na disseminação de informações relacionadas a legislação, tipos de crimes, políticas de prevenção e combate, canais de denúncia e locais de acolhimento.

O lançamento contou com a participação de Dom Mariano, Bispo Auxiliar da Arquidiocese de Campo Grande; Jerson Jacques, representante da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias; Babá Arabá Frank, representando as Religiões de Matrizes Africanas; Darlene Cavalcante, da Federação Espirita de MS; Pastor Ronaldo Batista, presidente do Conselho de Pastores de Campo Grande.

Também estiveram presentes a primeira dama do estado, Fátima Azambuja, a secretaria de Cidadania, Luciana Azambuja; a secretária de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho, Elisa Cleia Nobre; secretario de Governo e Gestão Estratégica, Eduardo Riedel; diretor presidente da Fundesporte, Marcelo Miranda; delegada adjunta da Delegacia Especializada de Atendimento a Mulher, Sueli Araújo.

Além do deputado estadual Herculano Borges, os vereadores Pastor Jeremias, Fritz, e Enfermeira Cida Amaral; a promotora de justiça, Fabrícia Barbosa; o desembargador do TRF 24° região, Nery Azambuja; Josias Jordão Ramires, cacique da comunidade indígena Marçal de Souza; Alicinta Terena, cacique da comunidade indígena Aldeia Água Bonita; Arthur Koga, da Associação Pestalozzi; entre outras autoridades do estado e municípios.

 

Mireli Obando, Subsecretaria de Comunicação de MS

Fotos: Chico Ribeiro