Com estudantes e atletas pernambucanos, Paralimpíadas Escolares têm início nesta terça

Delegação com os talentos do esporte pernambucano saíram do Recife na madrugada desta segunda-feira

Os campeões escolares da fase estadual dos Jogos Paralímpicos de Pernambuco, que aconteceu em agosto, agora encaram um desafio longe da capital pernambucana. Em São Paulo, estarão focados nas disputas das Paralimpíadas Escolares, evento realizado pelo Comitê Paralímpico Brasileiro (COB). O torneio se inicia nesta terça-feira, e segue com a programação até o próximo sábado. Bocha, goalball, atletismo, natação, tênis de mesa e parabadminton são as modalidades para este ano. Ao todo, Pernambuco tem 26 medalhas na disputa, e a expectativa é de que esse número possa aumentar, já que a delegação atual é a maior formada até hoje.

A medalhista de bronze e ouro na modalidade do tênis de mesa, nos dois últimos anos, Raiane da Silva, está entre os jovens de 12 e 17 anos que marcam presença nos Jogos Paralímpicos. Para ela, será a quinta vez na disputa. E o esporte é como uma ferramenta que estabelece a igualdade. “O esporte me ajudou a superar e perceber que as limitações não mudavam nada na minha vida e que eu posso ser normal como todo mundo. Estou muito feliz e, mesmo já tendo participado muitas vezes, encaro cada uma como se fosse a primeira vez. Espero me divertir, pois estando lá já sou uma vencedora, a medalha é só uma consequência”, revelou a estudante e atleta.

Embarcando pela primeira vez nessa experiência, o sentimento do Erik da Silva, de 14 anos, é o mesmo que o da experiente Raiane. Nos Jogos, ele representará o estado pernambucano na modalidade do parabadminton, que também marca presença inédita no evento. “Vou com foco na medalha, mas só de participar já será uma experiência única, de muito aprendizado. O esporte mudou a minha vida desde o primeiro dia que comecei a participar”, disse o garoto.

O evento possibilita o estímulo esportivo entre estudantes com deficiências física, visual e intelectual que também são atletas em instituições de ensino de todo o Brasil.