Brasil suspende participação em organização latino-americana

México assumiu neste ano a presidência do Celac. Governo brasileiro confirmou a suspensão da participação.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, suspendeu a participação do Brasil na Celac (Comunidade de Estados Latino-Americanos e Caribenhos).

Criada em 2010, a Celac é uma organização latino-americana, composta atualmente por 33 países, em que os integrantes buscam articulação sem a participação de Estados Unidos e Canadá.

Em nota, o ministério das Relações Exteriores confirmou que o país suspendeu sua participação na Celac:

“Em resposta ao convite do México, o governo brasileiro comunicou antecipadamente à chancelaria mexicana que o Brasil não participaria dos eventos relacionados à instalação da nova presidência pro tempore da Celac..”

Segundo o jornal Folha, a chancelaria brasileira completou:

“Foi informado que o Brasil não considera estarem dadas as condições para a atuação da Celac no atual contexto de crise regional. Foi dado ciência, igualmente, que qualquer documento, agenda ou proposta de trabalho que viesse a ser adotado durante a reunião ministerial não se aplica ao Brasil.”