Padrasto espanca uma criança de 3 anos e é preso

Crime foi denunciado pela mãe da vítima

A Delegacia de Polícia de Chapadão do Sul, prendeu um serralheiro de 44 anos suspeito de torturar durante horas, o enteado de 3 anos com socos, fios de energia e beliscões deixando vários hematomas no menino, que foi levado para um hospital da cidade de Chapadão do Sul, nesta terça-feira (14).

Segundo a polícia a mãe denunciou o seu convivente de que ele estaria agredindo o enteado com fio de energias, socos, beliscões, e imprimindo movimentos fortes nos membros da criança com risco de quebrá-los e lesionar musculatura, conforme o site Jovem Sul News. O mesmo ainda teria colocado a criança por várias horas em castigo, ao ponto da criança ficar fraca, segundo a mãe.

A mulher ainda teria ido até uma igreja pedir ajuda e informou que o autor teria saído com a criança rumo ao Hospital Municipal de Chapadão do Sul, quando ela ficar preocupado que algo pior poderia acontecer.

Após as informações os agentes da Polícia Civil foram até o Hospital Municipal e as enfermeiras relataram que o autor realmente esteve no hospital e a criança foi atendida com várias lesões no corpo, que segundo o homem teria sido causados pelo irmão da criança constataram os policiais que a versão do homem não era verídica. O padrasto foi preso e encaminhado para a delegacia do município.