PMA autua infrator por exibição em redes sociais de peixe capturado em pescaria ilegal

Polícia Militar Ambiental de Costa Rica autua infrator em R$ 1 mil por exibição em redes sociais de peixe capturado em pescaria ilegal

Policiais Militares Ambientais de Costa Rica realizavam fiscalização no rio Taquari, no município de Alcinópolis e receberam informações ontem (25), de possível pesca predatória em um rancho localizado em uma fazenda. Inclusive, um pescador havia publicado nas redes sociais, um peixe da espécie pintado, que ele mesmo afirmava ter capturado durante uma pescaria ocorrida no dia anterior (24).

A equipe foi ao local e identificou o homem (27), residente em Alcinópolis. O pescador não negou a pescaria e captura, mas não apresentou o peixe e afirmou ter capturado com petrecho permitido e que o peixe estaria dentro das dimensões mínimas e máximas, porém, ele não possuía a licença de pesca obrigatória. O pescador foi autuado administrativamente e multado de R$ 1.020,00.

ALERTA – A pesca sem licença não é crime ambiental, porém, a PMA alerta que é documento necessário para a pesca no Estado e sua falta caracteriza-se como infração administrativa, que prevê, além da multa mínima de R$ 300,00 até a máxima de R$ 10.000,00, a apreensão de barco, motor, produto e material da pesca, bem como veículos utilizados.

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DA POLÍCIA MILITAR AMBIENTAL – PMMS

Fonte: Polícia Militar Ambiental