Campo Grande / MS - terça-feira, 28 de setembro de 2021
(67) 99890-6610

Hipertensão é tema do programa Vida Saudável da Rádio ALEMS

Publicado em: 10/05/2021 - 9:52

Chamada popularmente de “pressão alta”, a hipertensão arterial é uma doença democrática: atinge homens e mulheres, crianças e idosos, pessoas calmas ou nervosas. Por isso o programa Vida Saudável da Rádio ALEMS, que vai ao ar nesta segunda-feira (10), vai falar sobre esse tema por meio de uma parceria da Rádio Senado.

Em alusão ao Dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertensão, celebrado em 26 de abril, o programa conta com a participação do médico Luiz Bortolotto, presidente da Sociedade Brasileira de Hipertensão. Durante o bate-papo, o especialista destaca que a pressão alta, doença crônica que atinge mais de 38 milhões de brasileiros é silenciosa e oferece riscos, principalmente na pandemia que contribui para o sedentarismo e ganho de peso.

A obesidade e o excesso de peso são considerados fatores de risco para o desenvolvimento de hipertensão. “Na infância e adolescência, a maioria dos quadros de hipertensão está associada à obesidade”, conta Bortolotto.

O mais relevante, segundo o especialista, é se a pessoa tem pressão alta e faz uso de medicação, é não deixar de tomar os medicamentos para controlar a pressão arterial, mesmo que fique infectada com o novo coronavírus. “É imperioso consultar o médico ou serviço de saúde para esclarecer as dúvidas antes de qualquer mudança’.

Segundo a Sociedade Brasileira de Cardiologia, o tratamento do paciente com hipertensão deve ser interdisciplinar, envolvendo nutricionista, médico, profissional de educação física, farmacêutico e psicólogo. A recomendação de ingestão de sal deve ser até 5 gramas/dia ou 2000 mg de sódio; a ingestão do brasileiro está em torno de 12 g de sal/dia, mais do dobro da quantidade recomendada.

Fonte: Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul



Desenvolvido por Argo Soluções