Subsecretaria de Direitos Humanos realiza ação alusiva ao Dia da Visibilidade Trans/Travesti

A Coordenadoria de Políticas Públicas LGBT, através da Subsecretaria de Defesa dos Direitos Humanos (SDHU), com apoio da Prefeitura Municipal de Campo Grande, realizaram ação alusiva ao “Dia da VisibilidadeTrans/Travesti”, na Plataforma Cultural José Octávio Guizzo, na noite desta quarta-feira (29).

A ação foi realizada através de parceria entre Instituições Governamentais e da Sociedade Civil e busca a valorização cultural, debate de gênero e reconhecimento pela luta e visibilidade.

O Dia da Visibilidade Trans visa promover reflexões sobre a cidadania das pessoas travestis, transexuais (homens e mulheres trans) e não-binárias (que não se reconhecem nem como homens nem como mulheres).

O evento contou com diversas atividades culturais, roda de diálogos sobre identidade de gênero, entrega de prêmios e feira cultural.

A data escolhida é a mesma da campanha “Travesti e Respeito”, promovida pelo Programa Nacional de DST/Aids do Ministério da Saúde, em 2004, e que se tornou um marco para a luta protagonizada por militantes travestis.

Para o Subsecretário de Defesa dos Direitos Humanos, Junior Coringa, o dia 29 de janeiro deve ser lembrado como um dia de reflexão de como promover a cidadania e o respeito entre as pessoas.
“Nossa luta precisa ser diária contra todo o tipo de discriminação e violência contra as pessoas trans”.

O Assessor de Políticas Públicas LGBT do Governo do Estado- Luan Henrique- ressalta que o Dia da Visibilidade TRANS é um evento de extrema importância para a população como forma de demonstrar que a identidade de gênero não interfere na sociedade e que todos devem ser amados e respeitados da melhor maneira que cada um acredite ser a melhor.

Nos siga no Google Notícias   Autor e Fonte: Jornal Eletrônico em Mato Grosso do Sul - Tereré News
Por Chico Oliveira/Tereré News   Empresa Jornalística    ouça este conteúdo   Edición Impresa