Campo Grande / MS - quarta-feira, 4 de agosto de 2021
(67) 99890-6610

Retomada da ‘vida normal’ dependerá de indicadores

Publicado em: 15/07/2021 - 9:51

Corumbá já aplicou 91.123 mil doses das vacinas contra a Covid-19, 54.75% da população com mais de 18 anos recebeu a dose única ou as duas doses necessárias, e 27.86% aguardam a data da segunda dose.

“Com o sucesso da vacinação em massa, é de se esperar o anseio da população para a retomada de uma ‘vida normal’. Contudo, dependerá do cenário da pandemia nas próximas semanas, buscamos sempre um equilíbrio entre a saúde e a economia, mas os dados da vigilância epidemiológica que vão balizar a liberação de eventos, claro que com medidas de biossegurança”, reforça o Chefe do Executivo Municipal, Marcelo Iunes.

O Secretário de Saúde, Rogério Leite explica as próximas etapas do estudo “a vacinação em massa acabou de ocorrer, ainda é necessário algumas semanas para que seja avaliado a efetividade, primeiramente devem ocorrer a queda de novos casos, depois internação e então os óbitos. O estudo leva 5 semanas para ocorrer. Quanto maior a cobertura vacinal, melhor a queda dos indicadores”.

“Os corumbaenses estão tendo uma grande oportunidade, pedimos para aquelas pessoas que ainda não se vacinaram que procurem uma unidade de saúde, só com imunização vamos proteger a nossa vida e a vida da nossa família”, pede o Prefeito Marcelo Iunes.

Vacina Janssen

Em Corumbá, pessoas com 18 anos ou mais, que ainda não receberam a vacina contra a Covid-19, deve procurar o Centro de Saúde da Ladeira, ou uma das 10 Unidades de Saúde da Família, das 7h30 às 11h e das 13h às 16h30.

Quem ainda não fez o cadastro, basta ir um dos pontos com o documento de identificação pessoal.

Estudo Vebra Covid-19

A vacina americana da Janssen é de aplicação única e foi utilizada para estudo epidemiológico conduzido pelo médico infectologista e pesquisador da Fiocruz, Júlio Croda. O estudo é realizado pelo grupo Vebra Covid da Fiocruz (capitaneado por Croda), com apoio da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) e das universidades dos Estados Unidos de Stanford, Yale e Miami.

Todos acima de 18 anos, que ainda não tinham sido vacinados com outros imunizantes, tiveram a oportunidade de receber dose da Janssen nas cidades de fronteira. Os pesquisadores vão monitorar o impacto da vacina em relação à imunidade coletiva e vão comparar os dados com outros 13 municípios similares. Também será monitorada a incidência da doença em crianças e adolescentes, que ainda não podem receber vacina.

Confira quais são as unidades:

  • CENTRO DE SAÚDE DA LADEIRA  Ladeira Cunha e Cruz, s/n, Centro
  • UBSF Walter Victório-Cravo  – R: Santa Catarina, entre 7 e Major Gama
  • UBSF Dr. Bonifácio Tikayoshi Tiaen – R: Pastor Calos Padilha, s/n, Padre Ernesto Sassida
  • UBSF Beira Rio –  R: Delamare, 384, Centro
  • UBSF Luís Fragelli  – Av. Rio Branco, s/n, Universitário
  • UBSF Popular Velha – R: Teodomiro Serra s/n, Popular Velha
  • UBSF Breno de Medeiros I – R: Círiaco de Toledo s/n, Popular Nova
  • UBSF Nova Corumbá – R: Ciríaco de Toledo, s/n, Nova Corumbá
  • UBSF Padre Ernesto Sassida – R: José Fragelli, esquina com Dom Aquino, Dom Dosco
  • UBSF Pedro Paulo II – R: Batista das Neves, 119, Centro
  • UBSF Dr Ranulfo Jesus de Vasconcelos – Aeroporto II  R: Santos Dumont, 47, Aeroporto

 

 

Fonte: Prefeitura de Corumbá



Desenvolvido por Argo Soluções