Campo Grande / MS - domingo, 17 de outubro de 2021
(67) 99890-6610

Emoção toma conta em ato que homenageia com plantio de ipês servidores vitimados pela covid-19

Publicado em: 23/09/2021 - 6:15

Nesta semana dedicada para celebrar o Dia da Árvore, a Prefeitura de Campo Grande, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Gestão Urbana (Semadur), em parceria com o Hospital Regional de Mato Grosso do Sul (HRMS) oportunizou a implantação do Bosque Arte e Terapia Dr. Virgílio Gonçalves Souza Junior, médico pediatra, idealizador do espaço voltado ao bem-estar dos servidores e pacientes para o contato, interação e relacionamento com a natureza. O profissional foi um dos oito colaboradores vitimados pela Covid-19 e homenageados pela instituição nesta quinta-feira (23).

O secretário municipal de Meio Ambiente e Gestão Urbana, Luís Eduardo Costa, destacou a relevância desse espaço em gerar bem-estar, a partir da proximidade com a natureza. “A criação do Bosque foi planejada justamente para um momento contemplativo, de conexão com a natureza. A ideia partiu do Dr. Virgílio que procurou a Semadur, no entanto com a decretação da pandemia tivemos que adiar essa ação. E infelizmente com o seu falecimento em decorrência da Covid-19, essa seria uma justa homenagem que poderíamos oferecer ao dr. Virgílio e aos demais profissionais da saúde deste Hospital que dedicaram parte de sua vida no atendimento aos pacientes”.

 

O diretor-presidente do HRMS, Dr. Lívio Viana de Oliveira Leite, prestou condolências a todos que perderam seus entes, em especial às famílias dos servidores que atuaram na linha de frente no combate à pandemia.

Luís Eduardo complementou explicando sobre as mudas propostas. “As mudas são oriundas, cultivadas desde a semeadura até estarem prontas para o plantio no viveiro Flora do Cerrado, onde produzimos as árvores de reposição para toda a cidade. E aqui teremos tanto os Ipês que simbolizam os servidores quanto árvores frutíferas, que irão atrair pássaros, proporcionarão qualidade sensorial e, com o carinho de todos os funcionários, temos a certeza que será um espaço especial dentro da instituição”.

Vários familiares dos profissionais homenageados estiveram presentes, dentre eles Gabriel Bahia, filho do Dr. Virgílio, que comentou sobre o evento. “Nós estamos muito felizes por esse momento de estar inaugurando o Bosque Dr. Virgílio Gonsalves de Souza Junior. É uma honra ser filho dele. Temos muito orgulho dos trabalhos que ele realizou tanto como médico e outros trabalhos para a sociedade, quanto para nossa família. Ele sempre foi um pai muito carinhoso, muito gentil. Isso aqui hoje é um reflexo do que ele e o legado que deixou para todos nós”. Gabriel disse ainda que em meio a tanta dor, esse momento chega como alegria e homenagem a todos os servidores que deram sua vida batalhando contra a Covid-19. “Meu pai amava muito esse hospital, ele gostava muito de trabalhar aqui, de salvar vidas e de cuidar das pessoas”.

Uma das mais emocionadas durante a cerimônia era Adriana Cabral Silva, irmã do Edimilson Cabral, um dos homenageados, que atuou por 21 anos no Hospital Regional. Ela relatou que também teve Covid-19 e foi cuidada pelo irmão. “Eu fiquei internada aqui por dez dias e meu irmão ia me ver todos os dias. Até que teve um dia que eu disse pra ele que não iria aguentar e ele respondeu dizendo que se pudesse ele trocaria de lugar comigo. E eu acho que ele trocou para que eu pudesse estar aqui. Ele sempre foi meu anjo da guarda, fazia de tudo pra me ajudar, sempre me protegeu, sempre me defendeu e então ele partiu. Foram 21 anos dedicando a vida às pessoas. Obrigada à Instituição e a todos que aqui estiveram presentes fazendo essa pequena homenagem”.

Rosangela de Souza Oliveira, irmã da servidora pública Rosa Odete de Souza Oliveira, mais conhecida como Rosinha, outra homenageada, que trabalhou no hospital há mais de 20 anos, participou do evento e, bastante emocionada agradeceu as homenagens. “Foi muito linda a homenagem que o Hospital Regional está prestando a esses funcionários que dedicaram a vida toda aos pacientes e familiares dos mesmos, que precisam estar neste local. Esses funcionários, muitas vezes arriscam a própria vida em prol do próximo. Esse foi o caso dela. Para nós, o sentimento é de gratidão, e hoje é um dia muito emocionante, porque para os familiares é muito difícil superar a perda, a falta de um ente querido, mas este foi um gesto muito lindo e fica a nossa gratidão”.

Cleodir Gamarra, esposa do técnico de enfermagem Antônio Oliveira Gamarra, também homenageado, plantou um Ipê, espécie tão querida pelo seu companheiro. “Estou aqui hoje plantando um ipê roxo, ele era apaixonado por ipês e falava que amava as árvores dessa espécie. E ficarei muito feliz porque todas as vezes que a árvore florir eu vou lembrar dele e do local que a gente sempre trabalhou, mas que infelizmente ele também perdeu a vida”.

Os profissionais da saúde homenageados são:

Valdinei Pereira de Souza
Jorge Antônio Gamarra
Mário Montania Acunha
Fredy Velasco
Dr. Robson Yutaka Fukuda
Dr. Virgílio Gonçalves Souza Junior
Rosa Odete de Souza Oliveira
Edmilson Cabral Gil

Os familiares de cada colaborador receberam um certificado de Honra ao Mérito (In Memorian) em agradecimento pelos relevantes trabalhos e ações prestadas à população de Mato Grosso do Sul no enfrentamento a Covid-19.



Desenvolvido por Argo Soluções