Campo Grande / MS - sexta-feira, 22 de outubro de 2021
(67) 99890-6610

Escola da reme realiza projeto ambiental com foco na sustentabilidade

Publicado em: 24/09/2021 - 8:55

Com o projeto de captação de água de chuva e do uso racional para utilização nas dependências da escola, a Escola Municipal Antônio José Paniago, no Jardim Itamaracá, incrementou a ideia de sustentabilidade. Foi incorporado para as crianças o ensino sobre a destinação adequadas dos resíduos sólidos recicláveis, a reutilização da água da chuva, horta na escola, reaproveitamento dos alimentos e eficiência energética, trata-se do “Projeto Escola Sustentável”.

O projeto “Escola Sustentável” ensina os alunos sobre a destinação adequada dos resíduos sólidos recicláveis, reaproveitamento dos alimentos, eficácia energética, além da reutilização da água da chuva captada na horta escolar.

O objetivo do projeto, realizado com alunos dos anos iniciais e finais do ensino fundamental, é desenvolver ações de sustentabilidade com os estudantes e colocar em prática os conhecimentos teóricos adquiridos. O projeto incentiva os alunos a serem protagonistas, autores de todas as atividades desenvolvidas na escola, desde o plantio e cuidado com a horta escolar e composteira, separação dos resíduos, acompanhamento do gasto energético e reuso da água.

“Eu acredito que isso impacte a vida dos alunos, porque aquilo que eles fazem na prática, leva-se a experiência para vida. É diferente, estudar só teoria fica um pouco abstrato”, opinou a professora Lidiane Ximenes.

A ação do projeto ambiental atende toda a comunidade e disponibiliza na escola um local de coleta voluntária para descarte de resíduos recicláveis. A população pode descartar no local produtos como óleo usado, pilhas, baterias e lixo eletrônicos. Esses materiais são entregues às cooperativas e empresas de reciclagem para destinação adequada.

Outro projeto em funcionamento é a utilização dos alimentos produzidos na merenda escolar e assim a manutenção da composteira para fazer adubo e manter a horta em funcionamento. O óleo usado entregue pelos alunos também serve para a fabricação de sabão de álcool pelas funcionárias da limpeza e posteriormente utilizado no ambiente escolar. A água da chuva captada pelas cisternas instaladas na escola serve para lavar o pátio escolar, ginásio e janelas da sala de aula.

Além de mudar o ambiente escolar, as ações também mudam as atitudes dos alunos. A aluna do 9° ano, Nawaly Barros, 14 anos, passou a separar o lixo em casa, cuidar de sua horta, que tem melissa, hortelã e outras ervas, além de utilizar a chuva para molhar as plantas. Achei muito bom o projeto, porque ajuda a escola e também o meio ambiente. Estamos usando materiais recicláveis que as pessoas jogam fora e estamos reutilizando. O que mais gosto é a parte de reciclar”, disse a aluna do 9° ano, Nawaly Barros, 14 anos.

Fonte:  CGNOTÍCIAS



Desenvolvido por Argo Soluções