Confederação Brasileira convoca atletas do taekwondo para pré-olímpico

Maicon Andrade, bronze no Rio em 2016, ficou fora da relação

Sem a presença de um medalhista olímpico, a Confederação Brasileira de Taekwondo (CBTKD) anunciou nesta segunda-feira a lista de atletas que vai disputar o pré-olímpico da categoria. Bronze nos Jogos do Rio-2016, Maicon Andrade ficou de fora da relação, que terá Edival Marques Pontes e Ícaro Martins, além de Talisca Reis e Milena Titonelli, no feminino.

Maicon, Edival e Ícaro ocupam a mesma posição no ranking mundial em suas categorias (o 9º lugar), mas a confederação só podia escolher dois para a disputa do Qualificatório Pan-Americano, que será realizado em Heredia, na Costa Rica, nos dias 11 e 12 de março. Trata-se da última oportunidade de classificação olímpica para atletas das Américas.

“Foi um processo árduo, com informações e resultados apurados, em virtude da qualidade que o taekwondo brasileiro se encontra. A comissão técnica, formada pelos treinadores e consultor internacional, seguiu os critérios divulgados anteriormente, analisando as performances, possibilidades e cenário internacional de todos os atletas”, explica Natália Falavigna, coordenadora técnica da CBTKD.

Após a surpreendente medalha no Rio-2016, Maicon vinha lutando nos últimos meses para melhorar sua posição no ranking e aumentar suas chances de convocação. Ele chegou a abrir mão de seu cargo nas Forças Armadas no ano passado para disputar o Grand Prix de Sofia, na Bulgária, em outubro, em busca de mais pontos no ranking. A importante competição, na qual conquistou o ouro, aconteceu no mesmo período dos Jogos Mundiais Militares.

A estratégia, contudo, não deu certo. Edival, mais conhecido como Netinho, e Ícaro ficaram com as vagas nas categorias até 68kg e até 80kg, respectivamente – Maicon pertence à categoria acima de 80kg.

No currículo, Netinho tem a medalha de ouro nos Jogos Pan-Americanos de Lima, no ano passado, ouro também Campeonato Pan-Americano 2018 e bronze no Grand Prix Chiba, no de Moscou e também no Grand Prix Taoyuan. Ícaro, por sua vez, foi prata em Lima-2019 e vice-campeão mundial, também no ano passado. Faturou ainda o bronze no Grand Prix de Sofia.

No feminino, Talisca Jezierski dos Reis vai competir na categoria até 49kg. Ela foi medalhista de prata no Pan de Lima-2019 e vice-campeã no Grand Prix de Roma, em 2018. Milena Titonelli Guimarães, até 67kg, foi ouro no Pan de Lima-2019, bronze no Campeonato Mundial, também no ano passado, e campeã do Mundial Militar de 2018.

No Qualificatório, garantirão a vaga na Olimpíada de Tóquio os dois primeiros colocados de cada categoria. A classificação, contudo, vai pertencer ao país e não ao atleta, segundo a CBTKD. “O processo seguirá de acordo com as determinações cumprimento e prazo da CBTKD, do Comitê Organizador dos Jogos e Comitê Olímpico do Brasil”, informou a entidade.

Redes Sociais
Nos siga no Google Notícias   Autor e Fonte: Jornal Eletrônico em Mato Grosso do Sul - Tereré News
Por Chico Oliveira/Tereré News   Empresa Jornalística    ouça este conteúdo   Edição Impresa.