Campo Grande / MS - sexta-feira, 23 de abril de 2021
(67) 99890-6610

Aras teme que mudanças no COAF tornem Brasil paraíso fiscal

Publicado em: 18/11/2019 - 10:34

Aras disse que a futura decisão do STF pode fazer o Brasil passar a ser considerado “paraíso fiscal”.

O procurador-geral da República, Augusto Aras, participou de uma reunião, neste domingo (17), com subprocuradores, em Brasília.

Segundo o blog da jornalista Andréia Sadi, o objetivo do encontro era discutir os impactos de eventual alteração das regras de uso de dados sigilosos do COAF, atualmente nomeada de Unidade de Inteligência Financeira (UIF).

No mês de julho, o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, suspendeu o uso de dados do COAF em investigações. Na próxima quarta-feira (20), o plenário da Corte decide sobre o tema.

Aos subprocuradores, Aras disse ter “preocupação” com as alterações nas regras exigidas pelo órgão internacional de combate à corrupção, o Gafi.

De acordo com Aras, caso o STF acompanhe a decisão de Toffoli, o Brasil pode ser considerado “paraíso fiscal” por exigir menos discrição na realização de movimentação financeira.

Desenvolvido por Argo Soluções