Campo Grande / MS - sexta-feira, 23 de abril de 2021
(67) 99890-6610

Ato da Mesa Diretora da ALEMS designa membros da CPI da Energisa

Publicado em: 11/20/2019 - 9:01

Deputado Paulo Corrêa com o requerimento, feito por Felipe Orro, para instauração da CPI da Energisa

Estão definidos os deputados que irão compor a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investigará irregularidades relacionadas à empresa Energisa, concessionária de energia de Mato Grosso do Sul. A composição consta do Ato 61/2019, publicado pela Mesa Diretora da Casa de Leis no Diário Oficial desta terça-feira (19). Os deputados irão apurar eventuais irregularidades no sistema de medição, na leitura do consumo de energia e outros fatores que estejam relacionados com o aumento expressivo da conta de luz.

Fazem parte da CPI, como membros titulares, os deputados Capitão Contar (PSL) e João Henrique (PL), indicados pelo bloco G-10; Renata Câmara (MDB) e Barbosinha (DEM), com indicação do G-9; e Felipe Orro, pelo PSDB. Os suplentes são, respectivamente, Antônio Vaz (Republicanos) e Evander Vendramini (PP), do G-10; Marcio Fernandes (MDB) e Eduardo Rocha (MDB), do G-9; e Marçal Filho, pelo PSDB.

A instauração da CPI foi anunciada pelo presidente da Assembleia, deputado Paulo Corrêa (PSDB), na sessão do dia 12 deste mês, depois da aprovação de requerimento apresentado por Felipe Orro. Agora, com a designação dos membros, publicada no Diário Oficial, a comissão definirá a presidência e dará início aos trabalhos.

Na sessão em que instaurou a CPI, o deputado Paulo Corrêa falou sobre os recursos humanos, que ajudarão nos trabalhos da comissão. “Temos advogados concursados, que serão disponibilizados para auxiliar nesta CPI. Caso haja necessidade, vamos requisitar servidores de outros órgãos do Estado”, afirmou.

Desenvolvido por Argo Soluções