Magazine Luiza compra Estante Virtual por R$ 31,1 milhões

O Magazine Luiza comprou a Estante Virtual por R$ 31,1 milhões em leilão realizado na última quinta-feira (30). Conforme relatamos em dezembro, a varejista já demonstrava interesse na aquisição da loja virtual até então pertencente à Livraria Cultura. Segundo o Valor Investe, naquele momento a venda estava avaliada em R$ 44 milhões, portanto, a soma arrematada foi abaixo do esperado inicialmente.

A operação é parte de um plano de recuperação judicial por parte da Cultura para evitar posterior falência, devido a uma dívida avaliada em R$ 285,4 milhões. O site que funciona como o maior acervo de sebo digital de livros foi adquirido por essa empresa em 2017 como parte de estratégia de expansão de negócios.

Ainda conforme o veículo, a Estante Virtual vende cerca de US$ 90 milhões por ano; desse total, a proprietária recebia ao menos 20% por compra fechada. Esse percentual seria muito acima da taxa média cobrada em transações de marketplace — que gira em torno de 12% em outros segmentos, como moda e eletrônicos.

Mais livros e concorrência
A Estante Virtual tem 6 mil lojistas hospedados — 40% deles referem-se a itens usados —, enquanto o Magazine Luiza concentra 14 mil em seu catálogo. Com isso, a varejista oferecerá uma lista de 20 mil comerciantes de livros.

De acordo com a Folha de S. Paulo, a nova aquisição seria uma forma de diversificar o portfólio de vendas do Magalu, além da oferta de componentes para casa e eletroeletrônicos disponível há anos em seu e-commerce. O novo negócio também deve ampliar a concorrência em relação à Amazon, considerada uma das maiores lojas digitais com esse tipo de produto no país.

Redes Sociais
Nos siga no Google Notícias   Autor e Fonte: Jornal Eletrônico em Mato Grosso do Sul - Tereré News
Por Chico Oliveira/Tereré News   Empresa Jornalística    ouça este conteúdo   Edição Impresa.