PRF recupera dois veículos e prende três pessoas na BR 163 em Campo Grande (MS)

Um dos veículos recuperados possuía adaptação para pessoa com deficiência, de quem foi roubado

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) recuperou dois veículos e prendeu três pessoas em duas ocorrências neste sábado (29) em Campo Grande (MS).

A primeira ocorrência foi no km 421 da BR 163, quando a equipe do Núcleo de Operações Especiais da PRF (NOE) verificou que dois veículos desviaram da barreira policial entrando em um posto de combustível para evitar a fiscalização.

Os policiais se deslocaram até o local e encontraram os veículos, um Toyota Yaris e um Fiat Palio, estacionados. Os condutores dos referidos veículos foram identificados e abordados. O condutor do Palio, um homem de 46 anos, ainda tentou evadir-se do lugar, porém foi contido pelos agentes. A condutora da Toyota Yaris, de 24 anos, logo confessou que havia sido contratada pelo homem para levar o veículo de Campo Grande (MS) para Ponta Porã (MS) e que receberia a quantia para isso de R$ 1.000,00 (hum mil reais). Já o homem, demonstrando muito nervosismo, disse que estava indo para uma fazenda, mas não soube dar mais detalhes da viagem.

Foi constatado que o veículo Toyota Yaris estava adulterado e possuía placas falsas, além de ser produto de roubo/furto em São Paulo (SP) em abril do ano passado. Outro fato que chamou a atenção dos policiais é que o carro tinha adaptação nos pedais para pessoa com deficiência, de quem fora roubado. A suspeita afirmou que os dois viajam juntos. Nos dois veículo foram encontrados tickets que mostravam o mesmo horário na passagem pelo pedágio da praça de Campo Grande.

Já a segunda ocorrência foi no início da tarde, no km 454 da BR 163. A equipe do Núcleo de Operações Especiais da PRF (NOE) abordou um Fiat Toro, conduzido por um homem de 43 anos. Ele demonstrou um claro nervosismo e depois que os agentes verificaram adulteração no chassi e motor do veículo, o homem confessou que fora contratado para transportar o carro de Salvador (BA) até Dourados (MS) pela quantia de R$ 2.000,000 (dois mil reais). O veículo possuía placas falsas e era produto de roubo em Simões Filho (BA) há 12 dias, conforme Boletim de Ocorrência. O documento CRLV apresentado pelo homem também possuía sinais de falsificação. Com o suspeito também foram descobertas duas cédulas de cinquenta reais falsas.

Os envolvidos e os veículos das duas ocorrências foram encaminhados para Polícia Federal de Campo Grande para as devidas providências.

Redes Sociais
Nos siga no Google Notícias   Autor e Fonte: Jornal Eletrônico em Mato Grosso do Sul - Tereré News
Por Chico Oliveira/Tereré News   Empresa Jornalística    ouça este conteúdo   Edição Impresa.