Campo Grande / MS - quinta-feira, 22 de abril de 2021
(67) 99890-6610

Definidos todos os membros, CPI da Energisa começa os trabalhos nessa semana

Publicado em: 11/18/2019 - 5:28

A CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Energisa está com seus integrantes definidos. O Bloco Parlamentar G-9 indicou os deputados estaduais Renato Câmara (MDB) e Barbosinha (DEM), que se juntam aos deputados Felipe Orro (PSDB), autor do requerimento, Capitão Contar (PSL) e João Henrique (PL) para investigar supostas irregularidades na medição e emissão de contas de energia por parte da concessionária. A Mesa Diretora deve fazer o comunicado oficial da composição da CPI na sessão desta terça-feira (19), acolhendo os nomes indicados, e solicitar que se dê andamento nos trabalhos.

Agora, com os membros titulares e suplentes devidamente indicados pelos blocos parlamentares do G-9, G-10 e PSDB, o próximo passo a ser dado é a reunião dos integrantes para eleger a presidência, vice-presidência e relatoria da CPI da Energisa. Esta definição deve acontecer ainda ao longo desta semana. A Comissão tem o prazo de 120 dias para concluir os trabalhos, e a pauta de reuniões e primeiras providências da investigação também serão definidas nesta reunião.

Felipe Orro, autor do requerimento que instaurou a CPI da Energisa na Alems (Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul), reitera que a “comissão vai fazer um trabalho de levantamento de provas para buscar a verdade. Nós queremos que se faça justiça, e caso seja comprovada alguma irregularidade, que a concessionária devolva valores indevidamente cobrados aos consumidores”.

Por ser autor do requerimento, Felipe Orro é automaticamente membro titular pelo PSDB na CPI, tendo como suplente o deputado Professor Rinaldo. Pelo G-10, Capitão Contar e João Henrique foram indicados titulares, com Evander Vendramini (PP) e Antônio Vaz (PRB) como suplentes. Pelo G-9, Barbosinha e Renato Câmara serão membros titulares, com Lidio Lopes (Patri) e Márcio Fernandes (MDB) suplentes.

Presidente da Comissão de Defesa dos Direitos do Consumidor na Alems, Felipe Orro acompanhou desde o início deste ano a onda de reclamações dos consumidores sobre aumento nas contas de luz emitidas pela Energisa. O parlamentar participou de dezenas de audiências públicas no interior do Estado no intuito de embasar o fato determinado apresentado em seu requerimento de CPI. O pedido de Felipe Orro apresenta aferição realizada por produtor rural do município de Miranda, que instalou relógio paralelo em sua residência e comprovou diferença de medição no consumo em comparação ao equipamento instalado pela Energisa.

Desenvolvido por Argo Soluções