Isolamento: UEMS produz vídeos com brincadeiras para crianças

O isolamento social causado pela pandemia de Coronavírus está afetando vida de toda a sociedade, com mudança de hábitos e valores. Essa nova condição inclui as crianças, que antes eram estimuladas a socialização e brincadeiras ao ar livre e hoje nos acompanham no confinamento.

Pensando nas crianças que estão em casa, professores e alunos a Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS) resolveram gravar brincadeiras, antes praticadas em sala, em vídeos. A iniciativa faz parte do projeto de extensão UEMS para crianças que promove encontros brincantes, colônias de férias e atividades realizadas nas escolas públicas, protagonizadas pelas estudantes do curso de Pedagogia, da Unidade de Dourados. “A iniciativa pretende nos aproximar das crianças nesse difícil momento de isolamento social. Como não podemos estar em contato com as crianças, decidimos nos aproximar delas pelo vídeo e brincando”, comenta da professora Giana Amaral Yamin, coordenadora do projeto.

Inicialmente, foram produzidos 5 vídeos, de curta duração, com canções apreciadas por meninos e meninas que participam dos encontros presenciais. Dois vídeos já estão disponíveis no canal da UEMS no Youtube (Clique Aqui), o Tu Tum Jacutinguelê e O Tomate e o Caqui. Na próxima semana, mais dois vídeos entram para o canal.

Preocupação na produção

A equipe que participou da produção dos vídeos realizou ensaios e a gravação tomando os devidos cuidados e observando as recomendações do Ministério da Saúde – como higienização constante das mãos e instrumentos com álcool em gel, utilização de máscaras durante os ensaios e distanciamento durante as gravações.

Participaram as professoras Giana Amaral Yamin (curso de Pedagogia/Dourados); Juliane Ferreira Vieira (curso de Letras/Cassilândia); Adriana Mendonça Pizatto (Pedagoga egressa UEMS) e Beatriz Oliveira de Jesus (estudante do quarto ano do curso de Pedagogia/Dourados).

Tum Tum Jacutinguelê

O Tomate e o Caqui

Assessoria de Comunicação Social UEMS

Fonte: Governo de MS

Redes Sociais
Nos siga no Google Notícias   Autor e Fonte: Jornal Eletrônico em Mato Grosso do Sul - Tereré News
Por Chico Oliveira/Tereré News   Empresa Jornalística    ouça este conteúdo   Edição Impresa.