Pantanal: o Patrimônio Natural da Humanidade que arde em chamas

Foto: Chico Ribeiro

Embora seja o menor bioma brasileiro em extensão, os 150 mil quilômetros quadrados que formam o Pantanal o tornam a maior planície de inundação do mundo. Devido à sua enorme  biodiversidade de fauna e flora, o Pantanal foi considerado pela UNESCO um “Patrimônio Natural Mundial”, e “Reserva da Biosfera”.

Em 2020, no entanto, esse importante ecossistema está sendo alvo de incêndios devastadores. 2 mil quilômetros quadrados já foram destruídos só nesse ano, uma área equivalente a dez vezes as cidades de São Paulo e Rio de Janeiro juntos.

Embora ocorram queimadas todos os anos, esse está sendo particularmente destrutivo. Segundo uma reportagem do Estadão, entre janeiro e agosto de 2020 houveram tantos focos de incêndio no Pantanal quanto nos os últimos seis anos somados.

O Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) registrou em imagens de satélite o denso corredor de fumaça que paira sobre quatro estados (Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Rondônia e Amazonas) e vêm se aproximando do sudeste do país.

No momento, uma equipe de 136 pessoas, incluindo bombeiros e militares, e contando com o auxílio de aviões, estão tentando controlar o fogo, para impedir que os estragos aumentem ainda mais.

Redes Sociais
Nos siga no Google Notícias   Autor e Fonte: Jornal Eletrônico em Mato Grosso do Sul - Tereré News
Por Chico Oliveira/Tereré News   Empresa Jornalística    ouça este conteúdo   Edição Impresa.