Campo Grande / MS - quinta-feira, 22 de abril de 2021
(67) 99890-6610

Ex-time de Jorge Jesus vence a Liga dos Campeões da Ásia e pode encarar Flamengo no Mundial

Publicado em: 11/24/2019 - 10:13

Al Hilal, da Arábia Saudita, conquistou neste domingo o título da Liga dos Campeões da Ásia ao vencer fora de casa o Urawa Red Diamonds, do Japão, por 2 a 0

O Al Hilal, da Arábia Saudita, conquistou neste domingo (24) o título da Liga dos Campeões da Ásia ao vencer fora de casa o Urawa Red Diamonds, do Japão, por 2 a 0 no jogo de volta da decisão, e com isso garantiu vaga na Copa do Mundo de Clubes da FIFA.

De quebra, o time saudita entrou na rota do Flamengo no torneio que será disputado em dezembro no Catar. O Al Hilal já tem adversário definido na primeira fase, o Espérance Tunis, da Tunísia, no dia 14. Se vencer, vai encarar o Rubro-Negro na semifinal, no dia 17.

Duas curiosidades recentes relacionam a equipe campeã asiática com o Flamengo. O Al Hilal é justamente o time que o técnico Jorge Jesus deixou para assumir o comando do agora campeão da Libertadores, e tem no elenco o volante colombiano Gustavo Cuéllar, que se transferiu do Rubro-Negro em agosto.

A equipe saudita já havia vencido o duelo de ida da final da ‘Champions’ asiática no último dia 9, em Riad, e hoje se impôs em pleno estádio Saitama 2002 com gols de Salem al Dawsari, aos 29 minutos do segundo tempo, e Bafétimbi Gomis, aos 48.

Gomis, de 34 anos, ex-Lyon e que defendeu a França na Eurocopa de 2008 é um dos mais conhecidos de uma equipe que também conta no ataque com Sebastian Giovinco. Ex-Juventus e com várias passagens pela seleção italiana, ele foi titular hoje, assim como o meia peruano André Carrillo, vice-campeão da Copa América deste ano, vencida pelo Brasil. O treinador que sucedeu a Jorge Jesus é o romeno Razvan Lucescu, que dirigiu a seleção de seu país de 2009 a 2011.

O Urawa contou na partida deste domingo com três brasileiros entre os relacionados. O meia Ewerton, revelado pelo Fluminense e que está no clube japonês emprestado pelo Porto, de Portugal, foi titular, assim como o também meia Fabrício, ex-Corinthians e Botafogo. Já o zagueiro Mauricio Antônio, que saiu das categorias de base do São Paulo e passou por Portimonense e Marítimo, de Portugal, não saiu do banco de reservas.

EFE

Fonte: FOX Sports

Desenvolvido por Argo Soluções