Campo Grande / MS - sexta-feira, 23 de abril de 2021
(67) 99890-6610

Grupo ligado ao PCC que planejava assalto milionário é preso pela polícia paraguaia

Publicado em: 11/20/2019 - 5:35

Grupo era composto por brasileiros e paraguaios. A prisão aconteceu em Alto Paraná.

A Polícia Nacional do Paraguai prendeu na última semana um brasileiro suspeito de ser integrante do grupo criminoso Primeiro Comando da Capital (PCC), em Minga Guazú, cidade de Alto Paraná, que pertence a região metropolitana de Ciudad del Este. No celular do suspeito, identificado como Valdir Ramos, de 47 anos, a polícia localizou diálogos com um dos líderes do PCC, preso na Penitenciária de Concepción, que planejavam um assalto milionário em Alto Paraná.

Pelo celular, a polícia também identificou outros suspeitos, entre eles brasileiros e paraguaios, que participariam do crime. O assalto aconteceria durante um translado de dinheiro de Alto Paraná para a capital do País. A polícia não informou quem seriam as possíveis vítimas.

O líder do PCC, preso em Concepción, foi identificado como Victor Alfredo Chaparro. Na cela do homem, foram encontrados três celulares, e em um deles foi identificado como sendo o que foi usado para planejar o assalto. Após o ocorrido o responsável pela penitenciária, Hugo Volpe Mazó, pediu a transferência de Chaparro para a capital Asunción.

Desenvolvido por Argo Soluções